A- A A+

Telefone: (33) 3378 7000 | (33) 3378 7080 | (33) 98838 7227 | E-mail: contato@luisburgo.mg.gov.br

   

Sexta, 17 Abril 2020 18:12

Prefeitura de Luisburgo realiza cessão de uso de respirador para HCL

Na manhã desta sexta-feira, 17, o Prefeito de Luisburgo José Carlos Pereira assinou o termo de cessão de uso de um aparelho respirador que vai ser utilizado pelo Hospital César Leite para atender pacientes contaminados pelo Coronavírus. A entrega do equipamento contou com as presenças da secretária de Saúde Kênia Pereira Hott, do coordenador de Vigilância em Saúde Webner Knupp e da Contadora Dalila Garcia. Representando a diretoria do HCL estavam o tesoureiro Milton Martins de Oliveira, o diretor assistencial Chardson Roberto da Paixão e o diretor do Plancel Leandro Satler Campos.

Durante a reunião, Milton Martins de Oliveira fez questão de destacar a primeira reunião de um primeiro encontro ocorrido no dia 03 de abril, quando o hospital solicitou o apoio dos municípios vizinhos. “Nessa primeira reunião estive representando o nosso provedor Sebastião Onofre de Carvalho. Na oportunidade também contamos com a presença do diretor técnico do HCL, Dr. Luís Cláudio Mendes Valle, do Dr Leandro Satler que hoje está conosco novamente, além do prefeito de Luisburgo José Carlos Pereira e da Rosa Luzia Mendes Assis, prefeita de Santana do Manhuaçu. Na ocasião fizemos a solicitação e o pedido de socorro por conta dessa situação envolvendo o Covid-19. Esclarecemos a realidade do hospital e prontamente o José Carlos nos disse que estaria se reunindo com sua equipe para buscar uma forma para nos apoiar. É como muita alegria e gratidão que recebemos hoje esse respirador que foi nos cedido para uso durante esse período de pandemia e que certamente pode nos ajudar a salvar vidas” – explicou o diretor, acrescentando um novo pedido. “Nós temos reunido com prefeitos da região mostrando o custo operacional do hospital e o que é necessário para manutenção de serviços essenciais para nossa população regional. O HCL tem 60% do seu atendimento dedicado a municípios da região e 40% para a população de Manhuaçu, por isso estamos pedindo a colaboração também de aporte financeiro dos municípios vizinhos” – esclareceu.

Segundo José Carlos Pereira a decisão pela cessão de uso do equipamento é por entender que o HCL presta um serviço essencial à região, incluindo a população de Luisburgo. “Temos conseguido prestar uma grande assistência à população de Luisburgo por meio dos nossos plantões 24 horas e também do esforço de toda a nossa equipe de profissionais da saúde. Muitos dos nossos pacientes são atendidos nas nossas unidades de saúde, o que de certa forma desafoga o pronto atendimento de Manhuaçu. Mas naqueles procedimentos que não temos condições de realizar o Hospital César Leite tem recebido com carinho e respeito o nosso povo e merece nossa consideração. Esse momento em que assino esse termo de cessão de uso do nosso respirador para o HCL é muito importante para mim. Espero que ele não seja utilizado por ninguém, como não estava sendo usado até então no nosso município, especialmente porque não fazemos procedimentos de alta complexidade nas nossas unidades de saúde do município. Mas se for preciso ele vai estar disponível no HCL e assim que tudo isso passar retornar para a secretaria de Saúde de Luisburgo” – disse o prefeito.

Após a reunião no Hospital César Leite o prefeito José Carlos Pereira e a secretária de Saúde Kênia Pereira Hott foram ao Ministério Público onde reuniram-se com o promotor de justiça Dr. Paulo Elias Severgnini Mendes Júnior e protocolaram uma cópia do termo de cessão de uso assinada junto ao Hospital.

O município de Luisburgo tem se destacado pelo trabalho de orientação e combate ao Covid-19. Embora tenha investigado alguns casos suspeitos recentemente, atualmente o município não tem nenhum caso sendo monitorado e nenhum confirmado. A administração municipal tem baixado decretos seguido as recomendações das autoridades de saúde e realizado campanhas através da secretaria municipal de Saúde que tem sido importante para manter os números positivos inalterados. Além disso, iniciativas como a realização de campanhas de vacinação e o atendimento de médicos e enfermeiros à domicílio tem sido mais um diferencial nesse período de isolamento social.