A- A A+

Telefone: (33) 3378 7000 | (33) 3378 7080 | (33) 98838 7227 | E-mail: contato@luisburgo.mg.gov.br

   

Quinta, 09 Abril 2020 19:41

Ministério Público recomenda manutenção de isolamento social em Luisburgo e cidades vizinhas

O prefeito José Carlos Pereira e a secretária de Saúde Kênia Pereira participaram de uma reunião com o promotor de Justiça Paulo Elias Severgnini Mendes Júnior, onde o representante do Ministério Público apresentou a recomendações feitas por ele e pela promotora de Justiça Gianinni Maelli Mota Miranda sobre a manutenção do decreto que mantem o isolamento social e as restrições quanto ao funcionamento do comércio local, sob critérios do Ministério da Saúde e do Governo do Estado. A decisão, tomada no dia 7 de abril, reforça os padrões já adotados pelo município na prevenção e combate ao Covid-19.

Em suas considerações, o MP alegou que o município realiza serviços de saúde de baixa e média complexidade e por isso não teria condições de tratar pacientes em estágio mais grave do coronavirus, tendo que encaminhar os mesmo para Manhuaçu, porém o município vizinho não está preparado para comportar uma epidemia, caso ocorra, pois possui, no máximo, 10 leitos de UTI com respirador, ou seja, se chegarem mais pacientes graves ao mesmo tempo na unidade de apoio respiratório não será possível pleno atendimento. Dentre outros fatores, o MP considerou que além de Luisburgo, a unidade de Manhuaçu recebe pacientes de outros municípios da comarca como Reduto, Santana do Manhuaçu, São João do Manhuaçu e Simonésia.

Segundo José Carlos Pereira a Secretaria de Saúde de Luisburgo, através de todos os seus funcionários, tem realizado um grande trabalho e seguido todos os protocolos de segurança. “Montamos um comitê para deliberar sobre a questão do coronavirus e temos conseguido manter nossa população bem informada com boletins diários, dicas de prevenção e atendimento médico, inclusive domiciliar para alguns casos. Além disso, estamos acompanhando e seguindo o que foi estabelecido pelo decreto estadual, deliberado pelo governador Romeu Zema” – disse o prefeito.

Luisburgo ainda não registrou nem um caso confirmado da doença e todas as suspeitas tem sido investigadas com muita responsabilidade. O mais recente decreto baixado pelo chefe do executivo foi na tarde desta quarta-feira, 08 de março. Ele está disponível na íntegra aqui na página. Já o documento onde o Ministério Público faz recomendações para Luisburgo e cidades vizinhas pode ser acessado por meio do link: https://bit.ly/2RmKCz7